sábado, 14 de agosto de 2010

Contagem regressiva

Esta noite foi meio conturbada e mais uma vez, não foi por causa do Gustavo.
Acordei na madrugada e apesar de estar bem cansada, demorei muuuito para dormir de novo!
Fiquei pensando em como vai ser a viagem.
Pensando se o Gu vai dormir antes do embarque, se vai acordar na hora do embarque, se vai dormir durante o voo, e se eu quiser ir no banheiro, se o meu braço vai aguentar ficar com ele no colo a noite toda, como vai ser para pegar alguma coisa na bagagem de mão, como vai ser para pegar as malas na chegada com carrinho, bebê conforto, etc, etc, etc....
Gostei da dica da Anna sobre o travesseiro. Talvez seja a melhor opção mesmo. E o lance do assento da frente tem que rolar, senão vai ser bem complicado. E se der certo este assento da frente, também já pensei em fazer uma "caminha" no chão mesmo. Sei lá... vamos ver como vai ser.
Paloma, eu até pensei na possibilidade de ver uma cia onde a gente tivesse mais conforto, mas pesando os prós e os contras, fazer uma escala e aumentar o tempo de voo em 10 horas (no caso da Delta), ficou fora de cogitação. Além do mais, a minha passagem vai ser comprada pela empresa e eles usam o critério menor preço e menor número de escalas e provavelmente vamos de AA mesmo.

Outra coisa que perturbou meu sono, foi que eu sonhei que o Gustavo tinha sumido. Eu estava em lugar cheio de crianças de varias idades e quando vi, ele não estava mais perto de mim. Foi horrível. E quando eu o encontrei ele estava junto com um monte de meninos de uns 3 anos, que estavam maltratando ele... Que viagem né?
Enfim, nossa viagem (a real) vai ser na próxima sexta e até lá espero ter noites melhores que a de hoje.

8 comentários:

Lia disse...

Se te serve de consolo, essa noite sonhei que Emília tinha perdido peso. Hoje fomos ao pediatra e ela está ótima, engordando direitinho. São nossos medos. Que Deus guarde vocês nessa viagem! Realmente não deve ser fácil viajar sozinha com um bebê de 7 meses, mas jajá vocês chegam, encontram o paizão e vão curtir à beça morar nos EUA! Beijo grande e sossego pro seu coração.
(Falando em medos e ansiedades: os dias antes de eu voltar a trabalhar, sem saber como ia ser, se eu ia dar conta do rojão, se minha filha ia comer, foram beeem piores do que quando efetivamente voltei).

Renata disse...

Eu imagino a ansiedade que vc está, mas vai dar tudo certo, vc vai ver.
Quanto a pegar as bagagens, sempre tem alguém pra ajudar mãe sozinha com filho. Meu marido mesmo sempre pega as malas quando vê alguém nessa situação.
Vou ficar aqui na torcida pra dar tudo certo.
beijoca

Paloma, a mãe disse...

Fabi, é normal vc ter estes medos em relação à viagem, ainda mais que é a primeira vez, mas saiba que ele está numa idade ótima para voos longos. Ele ainda não anda nem engatinha, logo ficará bem no colo ou na cadeirinha (ou berço). Quanto à mala, SEMPRE vai ter alguém para te ajudar, ainda mais nos EUA. Vc vai ver como vai encontrar pessoas gentis no seu caminho, mães com bebês inspiram gentileza.
E que bomq eu a empresa vai comprar a passagem, menos uma preocupação. Neste caso, sem dúvida é melhor viajar sem escalas. Tenho certeza de que a viagem será um sucesso!
Beijos

Thais Bessa disse...

Oi Fabi, eu viajei com a Bebella de Goiânia para Londres quando ela tinha 2 meses e meio. Agora em setembro vou levá-la de novo ao Brasil, quero só ver com bebê maior, ai ai.

Mas olha, lá no meu blog fiz um post do meu relato de viagem com umas dicas que vi na prática, dá uma olhada. mas minha maior dica é pegar um voo noturno. Além de ser o horário que eles dormem mesmo, o avião fica em silêncio e com luzes baixas, diminui a agitação.

Bjos

Nutrição e Cia disse...

Oi amiga fica relax a gente fica assim mesmo antes de embarcar com o pequeno. Mas é bem tranquilo, percebe se o voo vai meio vazio, e assim que levantar voo, procura outra poltrona que de pra levantar os braços dos bancos e colocar ele deitado. Acontece muito disso de o voo sair vazio, comigo já rolou várias vz. Bjs

Juliana disse...

Amiga, espero que a viagem seja muito tranquila, mas se rolar momentos tensos, respire fundo e pense que logo vai passar. Boa sorte e aproveitem muito esta experiência.

Ministério da saúde disse...

Não conseguiu vacinar seu filho? A vacina contra a paralisia infantil ainda está disponível em toda a rede pública do país. Vá ao posto de saúde mais próximo e imunize todas as crianças menores de cinco anos. A poliomielite é uma doença grave e não existe no Brasil desde 1989. Vamos ajudar a mantê-la longe das nossas casas!

Mais informações: comunicacao@saude.gov.br ou www.formspring.me/minsaude

Lu Boury disse...

Querida, dependendo da cia aérea eles tem berço de avião pra ser colocado no anteparo da primeira fileira. Pelo menos na Tam tem! Caso não tenha, o travesseiro de amamentação que usam pode ajudar. Bjao e boa viagem!!

Related Posts with Thumbnails