quarta-feira, 2 de março de 2011

O dia da volta - segundo episódio

Acabou.
O tempo passou e a minha licença acabou.
Uma decisão já tinha sido tomada a algum tempo: não vamos mudar de país.
Passamos pela experiência de viver lá por algum tempo e chegarmos a conclusão que mudar definitivamente, estava fora de cogitação.
Pois bem, restou pensar na minha vida profissional e nas dificuldades de conciliar um trabalho em outra cidade e os cuidados com o Gustavo. E depois de muito pensar, de analisar diversas possibilidades, achei que não haveria solução para o meu caso e que minha vida profissional teria mesmo que ser interrompida.
E então segunda-feira eu vim para São Paulo, pronta para "fazer as malas" e voltar para casa com as poucas tralhas acumuladas no meu gaveteiro, ao longo dos últimos 10 anos.

Mas como esta vidinha é cheia de surpresas, as coisas tomaram outros rumos e a minha conversa com o meu gerente rendeu algumas propostas até então não cogitadas. Propostas que podem tornar viável a minha permanência na empresa, sem ter que fazer nenhuma loucura (como trazer o Gustavo todo dia para SP e colocá-lo numa escola aqui, como algumas pessoas sugeriram).

A proposta que vamos tentar é de eu ficar trabalhando em casa, que pode parecer um sonho, mas exige muito mais dedicação e concentração.
Também dependo de encontrar alguém para cuidar dele no horário comercial e o que me agrada nesta situação, é que eu estarei em casa para supervisionar o trabalho desta pessoa.

Nada mal, né?

Pode não dar certo ou a empresa pode mudar de idéia a qualquer momento.
Mas o que eu tenho a perder?
Nada!!!
Então porque não tentar, não é mesmo?

17 comentários:

Cíntia Anira disse...

Oi Fabi... qto tempo! Qtas boas novidades! Estou por aqui torcendo por vc!
beijo

Camila Bandeira disse...

Fabi, que bom! Tomara que tudo caminhe na direção dos seus sonhos. A vida nos prega cada surpresa, né? Boa sorte! Bjos

Kelly Resende disse...

Nossa, Fabiana, que proposta legal! Fico torcendo para que dê tudo certo por aí.
Beijos

Lia disse...

êeee! Viva seu gerente! Que sonho, hem? Tem tudo pra dar certo, Fabi! Boa sorte!

Eve Horn disse...

Poxa vida Fabi, que novidade boa essa! Que espetáculo saber que o respeito está em alta, respeito ao seu profissionalismo, respeito a sua maneira de viver, respeito a quem é você e as suas necessidades!... Acho lindo e muito digno! Tomara que você se dê bem com o novo formato! Boa sorte e vai com tudo!
Beijos

Martha disse...

Oi Fabi.. q otima oportunidade, hiem.. ecomo vc falou.. o q tem a perder??? Isso ae!!!. Vá em frente e boa sorte!

Bjnhos em vcs!

Mãe do Pitoco disse...

Maravilhoso, Fabi! Eu trabalho em casa e vou lhe dizer: é um sonho, um privilégio, mas você precisa ser disciplinada, e quando ele entrar na escolinha, as coisas ficam mais fáceis. Aqui Pitos fica de manhã até às 2h no colégio, nesse tempo "mando brasa" no trabalho (traduções) e quando ele está em casa, cuido dele e dos trabalhos domésticos e aproveito bastante a convivência com o pequeno. É ótimo! Agarre esta oportunidade, sim e vou ficar daqui torcendo por vcs e depois podemos trocar experiênciAS de mamães que trabalham em casa.

Beijos

Fabiola disse...

Oi Fabi!
Muito legal!!! aproveita sim!!! como vc mesma disse.. não tem nada a perder!! :)
Bjs!!

Sarah disse...

Nossa Fabi, que boa notícia! Acho que essa opção será ótima para vocês. Você não interromperá sua carreira nem ficará longe do pequeno! Eu já trabalhei (e ainda trabalho ocasionalmente) em casa, exige sim mais dedicação e concentração, mas tudo se ajeita.
Fiquei feliz por vocês! Boa sorte!
beijos

Anna disse...

nossa, que coisa boa!

Meu sonho de consumo (de toda mãe, suponho).

beijocas e parabéns!

Priscila disse...

Nada mal??!?!?!
Perfeito!!
Ah, seu eu pudesse trabalhar de casa...
Tudo bem que o maior problema seria me disciplinar e me concentrar, mas é por uma ótima causa, né?
Bjs.

Carol disse...

Fabiana! AMEI a novidade! Trabalhar em casa é maravilhoso! Eu estou amando! Mas tem que ter muuuita disciplina, hein??
ADOREI!

Beijinhos e boa sorte!

Renata disse...

Que notícia ótima! Concordo que exige muita disciplina e organização, mas acho a melhor forma de trabalhar e não precisar ficar longe do pequeno.
boa sorte nessa nova fase.
beijos, Re

Kel disse...

Fabi, que super notícia é essa?? Tuuuudibom menina!!
olha, poder ficar com seu pequeno nessa fase em que ele precisa da mãe é o melhor que vc pode fazer por ele. Se vc teve essa mega opçao do home office, pegue-a com unhas e dentes e faça por merecer essa oportunidade que poucas tem. E vai dar certo vc vai ver só! mas haja disciplina!! eu quase enlouqueço aqui com a minha dupla dinâmica - não tenho regras fixas então paro vez ou outra, coisa de 20 minutinhos, p/ montar um quabra cabeças com a Lara, p/ brincar de esconde esconde com o nino... são poucos minutos p/ meu trabalho, mas que valem muito p/ eles, pode apostar! Flor, fiquei muito feliz mesmo com a notícia! Sorte do Gu!! Bjocas,

Paloma, a mãe disse...

Fabi, esta é a solução perfeita para o dilema maternidade x carreira! Tem tudo para dar certo, pois o Gu já tem 1 ano e as coisas tendem a ficar makis fáceis.
Estou muito feliz por vc, que bom que vc teve esta oportunidade!
Beijos e boa sorte!

Marina disse...

Gerente de visão! Melhor impossível, não custa tentar! Vai dar certo!
Beijocas!

Chris Ferreira disse...

Oi Fabiana,
esse é o melhor dos mundos. Tomara que dê tudo certo.
beijos
Chris
http://inventandocomamamae.blogspot.com/

Related Posts with Thumbnails