domingo, 6 de fevereiro de 2011

Filho de peixe

Como quase toda criança, o Gustavo é louco por um telefone! Não pode ver um que já leva a mãozinha à orelha e nos olha com aquela carinha sapeca. Isto quando não pega o bendito aparelho e sai puxando o fone pelo fio e derrubando tudo.
Então que hoje fomos dar uma volta numa pracinha logo cedo, enquanto ainda estava fresco e passamos em frente a algo que ele ainda tinha visto: um orelhão (pois é gente, eles ainda existem). Um não, na verdade era um conjunto de três, daqueles que um fica "de costas" para o outro. E com tantas outras coisas para serem vistas (passarinhos, formigas, gente, carros, cachorros, árvores, plantas, etc) ele, num ato meio que automático, olhou para cima e viu o fone no gancho e aquele o fio (ou cabo) prateado grandão, quase ao alcance das mãos dele.
Pra ele deve ter sido a visão do paraíso, tamanha a alegria que ele demostrou!
Apontou para cima e começou com o seu "hã, hã" já habitual.
Eu tentei disfarçar e mostrei os passarinhos, mas não adiantou.
Daí, o levei para o centro da praça, onde tem um coreto com escadas, que são outra coisa muito atraente pra ele. E não é que de lááá do meio da praça, o pimentinha viu os orelhões e apontou na direção deles e se encaminhou sozinho pra lá? Que fixação né?
Tudo bem que pai e mãe trabalham com telefonia, mas tem tantas outras coisas mais legais neste mundo pra ele se interessar. Será que isto é genético? rsrsrsrs....

***

Esta noite eu sonhei que, de repente, ele começou a falar. E ele falava frases inteiras e completamente compreensíveis. Não me lembro o que ele disse, mas lembro que eu fiquei muito espantada!
Na realidade, ele ainda não fala absolutamente nada. Só aponta para o que quer e solta um "hã".

8 comentários:

Renata disse...

hahaha, eu tb já sonhei com a Nana falando...e eram frases complexas! meio bizarro até, né?? rsrsrs!
beijos, querida

Paloma, a mãe disse...

Fabi, mas telefone é um atrativo para todas as crianças, não tem jeito! Adoram!
E, quanto a falar, não se apresse, ele é pequeno (e é menino), pode denorar um pouquinho. O que você pode fazer é dizer a palavra para ele, tipo: "Ah, você quer o telefone".
Beijos

Adriana Alencar disse...

E eu que pensava que a fixação por telefone era somente do mais velho, vejo que agora o mais novo leva o sem fio para passear!!! O pior é que, em certo momento, ele precisa ficar na base para carregar, e aí é que a coisa pega. Ele ainda não foi "apresentado" a um orelhão, só quero ver...
Beijocas
Adri

Fabiola disse...

Fabi,
Acho que toda criança ama telefone, né?? Bonitinho demais!!:)
Bjs!

Carol Garcia disse...

é, fabi...
logo logo ele vai estar tagarelando pelos cantos, ao telefone ou não...
hahahaha
fofura...
bjocas

Fabiana disse...

Amiga, Laura tb tem o seu dá, dá, dá pra tudo. Seja para pegar ou entregar.
Tb tem o seu ó, ó, ó qdo vê algo muito legal.; Daí aponta com o dedinho pra gente ver tb.

E eu faço como a Paloma disse: você quer água? Aquilo é passarinho. Pra ela ir assimilando o nome das coisas.

Mas menino demora mais a falar mesmo.

Bjos.

Chris Ferreira disse...

Oi Fabiana,
quando ele começar a falar aí é não vai largar o telefone mesmo.
Fiqui imaginando ele encantado com os orelhões. kkk
beijos
Chris
http://inventandocomamamae.blogspot.com/

Ariele, disse...

Que coisa mais graciosa! *-*
Não vejo a hora que a Eduarda começe fazer essas gracinhas! =)
Cada dia uma surpressa né? Bejinhos :***

Related Posts with Thumbnails