quinta-feira, 15 de julho de 2010

Voltamos

Meninas, antes de mais nada, muito obrigada pela força no post anterior!

Anna, a demora é só por causa do visto sim, mas não consegui visualizar o calendário depois de ter feito a reserva do horário no site do consulado :-(

**********************************************************************************

Na segunda feira depois que o Carlos viajou, eu fui para Minas na casa dos meus pais. Fazia um tempinho que só eles vinham ver o Gustavo aqui em casa e portanto fazia tempo que o Gustavo não ia pra lá. Da última vez, ele não tinha tanta curiosidade sobre as coisas a sua volta. Mas desta vez foi muito diferente.
Chegando lá, ele parecia que estava entrando num planeta diferente. A casa, os quadros, as fotos na parede, a rede pendurada, o Alfredo (nosso antigo cachorro, adotado pela minha mãe), tudo parecia muito interessante pra ele.
Os passeios quase que diários na pracinha, as pombas perto do pipoqueiro, as árvores, a fonte, os pássaros... foram outras atrações.


Isto tudo sem falar na movimentação da casa e dos avós corujas que faziam de tudo para atender aos resmungos do Gu.
Também fizemos uma visitinha no sítio do meu pai e lá o Gustavo conheceu as vacas, bois e bezerros.

Galinhas, frangos e pintinhos. Outros cachorros, canarinhos e até uma seriema.

Posou para foto sobre o café que estava secando e também com o pinheiro - xodó do tio - como plano de fundo.

Ainda lá na roça, ele esticou os bracinhos para alguém pela primeira vez. E foi para uma mulher que ele tinha acabado de conhecer.
Na volta do sítio, ele conheceu a bisavó Júlia que ficou toda orgulhosa e feliz de pegar o bisneto no colo.


Além disto tudo, nestes últimos dias, as papinhas se tornaram mais rotineiras.
Fruta raspada por volta das 10:00h, papinha salgada na hora do almoço e fruta de novo por volta das 15:30h. E tenho que dizer que tenho um mocinho bom de prato em casa. Ele come bem e só fez cara feia para uma pera.

Fez cara feia, mas depois quis mais! Vai entender.

Também eu experimentei novas sensações. Uma bela mordida no bico do peito. Ele já tinha me mordido outras vezes, mas sempre de leve, se é que isto é possível, quando se tem duas serrinhas afiadas na boca. Só que desta vez machucou mesmo. Chegou a sangrar. E então por uns dois dias, eu revivi as dores do início da amamentação. Mas já passou e não voltou a acontecer.

Ontem voltamos para Sorocaba e hoje meus pais foram embora.
Acho que o Gustavo ficou mal acostumado com a semana na casa dos avós. Hoje deu trabalho para dormir, ficou querendo colo e já acordou duas vez chorando.

Mas não foi só ele que ficou mal acostumado. Eu também fiquei. O Gustavo tem acordado para "começar" o dia por volta das 5:30h e nestes dias que passamos lá em Minas, meu pai que é um madrugador inveterado, sempre ia buscá-lo depois da mamada para  passarem juntos as primeiras horas do dia. E eu podia dormir mais um pouco. Fora os varios braços que estavam sempre dispostos a segurá-lo durante o dia, o que me dava alguns momentos de folga.

Agora somos só nós dois de novo.
E vamos que vamos!

6 comentários:

Renata disse...

e a gente se acostuma rapidinho com o que é bom, né?
Ele está lindoooooooooo nas fotos! Parabéns!
beijos

Paloma, a mãe disse...

Fabi, como ele está lindo. E como te entendo, pois ficar só com o filho, sem uma ajudinha que seja, depois que a gente se acostuma a dividir, é pesado mesmo. Tô torcendo para que o visto saia logo, loguinho.
Beijos

Carol Garcia disse...

e esse gatinho mais lindo?
fofura!!!!!
delícia ficar um tempo com a família, né?
força aí, mulher!
sei que o trabalho é pesado mas vc tira de letra.
bjocas

Sarah disse...

Quantas novidades Fabi! Adorei as fotos, principalmente a dele com a bisa. Que legal ele ter uma bisa para conviver. Bento também tem - e duas, olha só! Acho o máximo, porque eu só pude conhecer uma avó.
Ah, e Bento também é madrugador!! Acorda entre 5:30 e 6:30 todo dia, seja dia de semana ou fds, faça chuva, sol, neve, ventania... kkkk...
Bem, é difícil mesmo ficar sozinha né, ainda mais depois de tantos passeios e pessoas para ajudar. Mas logo passa, logo vcs estarão todos juntos.
um beijo!

Lia disse...

Ai, Fabi, que delícia!! O gu deve ter amado.
Os pediatras deviam nos avisar que quando começam as papinhas os bebês começam a morder. Mas vai fundo que isso não é motivo pra desmamar, eu sou a prova viva!
Quanto à brincar com a colher, eu deixo. Emília come sozinha, ela que enfia a colher na boca, um amor. Também deixo ela enfiar a mão no prato e fazer aquela bagunça! Mas continua comendo como passarinho, até a banana, que ela pareceu amar, comeu só uma colherzinha.
E o que estou fazendo a respeito? Estoque de leite no congelador ;)

Paula disse...

Estávamos com saudades de vocês!!!

Related Posts with Thumbnails